• iCS - Clima e Sociedade

Poluição do Ar: um desafio urgente

Série de três webinars do WRI Brasil conta com apoio do iCS para discutir economia verde e retomada do setor automotivo, queimadas e saúde individual e coletiva


“Os Desafios da Qualidade do Ar no Brasil” é o nome da série de webinars que o WRI Brasil realiza para incentivar o debate público a respeito de questões fundamentais para a economia nacional e a saúde da população no contexto da retomada verde pós-pandemia.


A série começou no dia 1 de outubro, com Izabella Teixeira, ex-ministra do Meio Ambiente, Adalberto Maluf, diretor de Marketing, Sustentabilidade e Novos Negócios da BYD e Roberto Shaeffer, professor de Economia da Energia da Coppe/UFRJ, debatendo sobre economia verde e renovação do setor automotivo. O evento lançou a seguinte pergunta: “a indústria automotiva brasileira, que responde por 1,3 milhão de empregos diretos e indiretos e faz do país o 6º maior produtor de veículos no mundo será capaz de reduzir os conflitos com as demandas ambientais e econômicas da atualidade, e incorporar a economia verde?”.



No dia 7, o tema do segundo webinar surgiu de assunto urgentíssimo no Brasil: Queimadas, um problema coletivo. Para dialogar sobre a evidente perda de biomas, como a poluição do ar provocada pelos incêndios locais afeta o clima como um todo, a água e a agricultura, e também aumenta os custos sociais, marcaram presença Ane Alencar, diretora de Ciência do IPAM Amazônia, Carlos Nobre, cientista, pesquisador do clima e de mudanças climáticas, e Socorro Neri, prefeita de Rio Branco.



Para fechar a série, Walter Figueiredo de Simoni, especialista em Clima e Cidades do WRI e moderador dos bate-papos, conversa no dia 21 com o médico, patologista e pesquisador Paulo Saldiva sobre os impactos evidentes e os não tão evidentes da poluição do ar na saúde individual e na coletiva. No Brasil, o monitoramento da qualidade do ar é feito por poucos Estados, com padrões que chegam a ser 4 vezes menos rígidos do que os valores de segurança definidos pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Ao todo, mais de 50 mil pessoas morrem no Brasil todos os anos em função da poluição do ar.


iCS - Instituto Clima e Sociedade 2020 | Todos os direitos reservados

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • LinkedIn ícone social