• iCS - Clima e Sociedade

A saga da madeira ilegal do Pará que foi parar em loja chique de Nova Iorque

Revista Piauí conta com ajuda de consórcio internacional de jornalismo investigativo e do Center for Climate Crime Analysis para narrar roteiro de desmatamento, ilegalidade e lucro


A revista Piauí publicou matéria especial sobre a exportação ilegal de madeira na Amazônia. Nos fundos de uma loja em Nova Iorque, vende-se a preços altíssimos deckings de Ipê, cuja origem remonta ao sul do Pará em processo que teve sua investigação encerrada sem qualquer punição aos criminosos por determinação do então ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. Ele, aliás, passa por investigação justamente por suspeita de colaborar com esquema de contrabando internacional de madeira da Amazônia.


Por meio de uma parceria com o consórcio internacional de jornalismo investigativo Organized Crime and Corruption Reporting Project (OCCRP) e o Center for Climate Crime Analysis (CCCA), a revista conseguiu reconstituir todo o trajeto de um lote de ipê extraído ilegalmente no Pará até chegar de forma clandestina à loja no bairro do Bronx, em Nova Iorque. Confira esta saga!


Crédito: Revista Piauí