• iCS - Clima e Sociedade

Relatório Anual do iCS faz um recorte do macroambiente da agenda climática em 2020. Confira!

Ao ultrapassar a metade de uma década de atividade, o iCS apresenta, por meio do Relatório Anual 2020, uma pequena retrospectiva do macroambiente no qual evoluiu e o trabalho realizado para superar desafios – agravamento das questões sociais, econômicas e políticas – e incentivar o desenvolvimento de uma economia de baixo carbono com justiça social.


Estamos felizes por identificar o crescimento do tecido social gerado em torno da visão de um Brasil carbono neutro, alinhado com o compromisso assumido pelo Brasil no Acordo de Paris. Financiadores e donatários cresceram em número de instituições, compromissos e resultados alcançados. Uma evolução que parte de três portfólios, em 2015, para seis portfólios, diversas iniciativas, projetos próprios, e mais de cem parceiros com uma produção de 580 entregas, em 2020!


Sim, estamos falando do ano mais impactante da História Moderna – o primeiro ano da Covid-19, com intensas implicações econômicas, politicas e sociais no mundo todo. Mas que também é um ano no qual celebramos impactos e resultados favoráveis à ação climática, em um grande esforço da sociedade civil brasileira, com a participação do iCS, donatários e demais parceiros do Instituto. O relatório lista 48 resultados para os quais este grupo contribuiu, direta ou indiretamente, detalhando os principais. São exemplos claros de que estamos fazendo diferença, seja com novas conquistas, seja impedindo sérios retrocessos à causa que nos move.


Os resultados e avanços conquistados em 2020 são apresentados no Relatório de forma mais aderente à realidade cotidiana, correlacionando, por exemplo, temas do dia a dia - como saúde, organização urbana e emprego - à ação climática por meio de três eixos: Planeta, Sociedade e Geopolítica/Economia.


Nesta retrospectiva, também ressaltamos importantes progressos institucionais que inauguraram novas frentes de atuação dos portfólios do iCS, casos da Convergência para o Brasil, no portfólio Economia de Baixo Carbono; da Plataforma Nacional de Mobilidade Elétrica, em Transporte; e da Plataforma Subnacional do Clima, em Política Climática, além da iniciativa Amazônia Legal Urbana.


Ainda em termos institucionais, outro aspecto relevante, em 2020, veio com o engajamento de novos parceiros e a expansão das doações para diversas regiões do Brasil. Ao alcançar mais instituições das regiões Norte e Nordeste, principalmente por meio dos portfólios de Energia e Uso da Terra e Sistemas Alimentares, o Instituto pode mapear agendas e atores aderentes às questões climáticas.


Acreditamos que Relatório 2020 do iCS demonstra a adaptabilidade e resiliência do ecossistema envolvido nas questões emergenciais do clima e empenhado na construção de uma sociedade menos poluente, ao mesmo tempo que mais justa e igualitária para todos no Brasil.


Acesse aqui o documento completo!


RA_ICS_2020
.pdf
Download PDF • 7.20MB