• iCS - Clima e Sociedade

Por dentro do iCS: dois novos colaboradores iniciam suas atividades em julho


Em julho, o iCS recebeu dois novos colaboradores no time da organização: Cíntya Feitosa e Caio Borges. Cíntya é a nova é consultora para ações de articulação e de comunicação para a Latin America and Caribbean Climate Week 2019 e para a COP 25. Já o Caio coordenará o novo Programa de Direito e Clima, que tem por objetivo promover iniciativas no campo jurídico para fomentar a implementação de políticas e práticas compatíveis com os objetivos do Acordo de Paris.


Conheça um pouco mais das trajetórias profissionais:


Cíntya Feitosa é graduada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pelo Centro Universitário IESB, de Brasília, especialista em Relações Internacionais pela Universidade de Brasília e mestre em Gestão, na linha de pesquisa em Sustentabilidade, pela FGV EAESP. No mestrado, o objeto de sua pesquisa foi um caso de estratégias promovidas pela sociedade civil para adaptação à mudança do clima no sertão baiano. Atua em planejamento de ações de comunicação e de mobilização política e socioambiental desde 2010, tendo passado pelo Congresso Nacional, governo federal e, mais recentemente, pelo Observatório do Clima (organização donatária do iCS) e FGVces.


Caio Borges é advogado graduado em direito pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), mestre em Direito e Desenvolvimento pela Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV-SP) e doutorando em Filosofia e Teoria Geral do Direito pela Universidade de São Paulo (USP). Foi coordenador dos programas de Empresas e Direitos Humanos e Desenvolvimento e Direitos Socioambientais (2014-2019) da Conectas Direitos Humanos (organização donatária do iCS). Lecionou no Master em Gestão da Sustentabilidade e foi pesquisador do Grupo de Empresas e Direitos Humanos na FGV-SP. Antes de ingressar no terceiro setor, atuou como advogado do Itaú Unibanco, apoiando o desenvolvimento de produtos de investimentos para gestão de ativos e private banking. Possui 10 anos de experiência em sustentabilidade de bancos de desenvolvimento, litigância estratégica em direitos humanos e regulação internacional de instituições financeiras e mercado de capitais. É non-resident fellow do Center for BRICS Studies da Universidade de Fudan (China) e do Centro para Estudos sobre África, América Latina e Caribe da O.P. Jindal Global University (Índia). Membro do corpo editorial da HOMA Publica - Revista Internacional de Direitos Humanos e Empresas. 


iCS - Instituto Clima e Sociedade 2020 | Todos os direitos reservados