• iCS - Clima e Sociedade

Em três anos, uma super diferença

Pesquisa encomendada pelo iCS compara anos de 2017 e 2020 e mostra que, hoje, 33% dos brasileiros consideram muito provável ter um carro elétrico. Há três anos, percentual era de 16%. Já 92% concordam com a eletrificação do transporte público.



O Instituto Clima e Sociedade (iCS) disponibiliza a partir de hoje (07/12) a pesquisa “Mobilidade de Baixas Emissões, Qualidade do Ar e Transição Energética No Brasil ”. Os dados mostram a percepção do brasileiro sobre a conexão entre os combustíveis fósseis, poluição do ar e mudanças climáticas. Os resultados indicam uma maior consciência da população em relação ao uso de motores a combustão, além de disponibilidade para a adoção de meios mais sustentáveis.


Encomendada pelo iCS ao Instituto Ideia Big Data, a pesquisa realizada em março de 2020,

com 2 mil entrevistados, compara dados coletados em 2017 com 2020. Dentre os principais

destaques, os números indicam que 92% dos entrevistados gostaria de mais ônibus elétricos

em suas cidades, 72% concorda que o uso de combustíveis fósseis é a principal causa das

mudanças climáticas, aumento de 11 pontos percentuais em relação a 2017, e 67% estaria

disposto a abrir mão do seu transporte individual por um meio de transporte mais limpo.


A pesquisa foi realizada por meio do portfólio de transportes do iCS.




iCS - Instituto Clima e Sociedade 2020 | Todos os direitos reservados