• iCS - Clima e Sociedade

Paraná passa a exigir cálculo climático no licenciamento

Após recomendação do Ministério Público, avaliação deve observar a matriz de impactos e danos nos Estudos de Impacto Ambiental


O Instituto Água e Terra (IAT), órgão público ambiental estadual do Paraná, passará a exigir, graças à recomendação administrativa do Ministério Público local, a observância de matriz de impactos e danos climáticos nos Estudos de Impacto Ambiental (EIA). Serão atingidos todos os empreendimentos e atividades com potencial causador de degradação significativo no meio ambiente. A partir de agora, o IAT faz essa demanda nas fases de planejamento, instalação, operação e desativação dos empreendimentos. A portaria servirá não apenas para a análise de viabilidade ambiental, locacional e tecnológica, mas também para a fixação de medidas mitigadoras e compensatórias.


Crédito: MPPR