• iCS - Clima e Sociedade

Novo plano diretor para Macapá

Paper do projeto Amazônia Legal Urbana mostra que as desigualdades e o estágio de vulnerabilidade em que vive população macapaense pedem revisão do plano diretor


O projeto Amazônia Legal Urbana lançou em março seu segundo paper, específico para a cidade de Macapá, capital do Amapá. Nele, as análises socioespaciais sobre as mudanças climáticas nos espaços urbanos da Amazônia Legal estão a serviço dos “processos de revisão ou elaboração dos planos diretores urbanos – em face das desigualdades vividas pelas populações em diversidade de gênero, racial e étnica – e diferenças sociais, econômicas e ambientais”.


Há desigualdades étnico-raciais no acesso aos serviços de esgotamento sanitário. Como em outras partes da região amazônica, mulheres indígenas apresentam menores proporções de acesso a rede geral de esgotamento sanitário. Em seguida, estão as mulheres pretas e pardas.


O paper conclui que o plano diretor precisará de revisão ampla para redução das desigualdades, com o intuito de reforçar a atenção às políticas de enfrentamento da crise climática frente à situação de vulnerabilidade em que vive a população macapaense, e também do acesso à energia elétrica. O sistema de saúde público em colapso com a pandemia é outro problema urgente a ser enfrentado.

Tenha acesso ao estudo completo:

https://amazonialegalurbana.com.br/wp-content/uploads/2021/01/Paper-Macapa-Projeto-Amazonia-Legal-Urbana.pdf