• iCS - Clima e Sociedade

Desigualdades raciais e de gênero em São Luís

Capital do Maranhão é objeto de pesquisa do novo paper do Projeto Amazônia Legal Urbana, que mostra as vulnerabilidades sociais e raciais da população a partir das mudanças climáticas


São Luís, capital do Maranhão, é foco do novo paper do projeto Amazônia Legal Urbana, “Desigualdades Raciais e de Gênero em Tempos de Mudanças Climáticas: Uma Análise Socioespacial de São Luís (MA)”. O estudo, quarto do gênero, analisa as vulnerabilidades sociais e raciais da população da região a partir do impacto causado pelas mudanças climáticas, como ocupações insalubres, sem rendimentos, má qualidade da água e do ar e insegurança alimentar.


“Quando se analisa o (não) acesso a água canalizada, observa-se um gradiente de gênero, onde mulheres são as que mais enfrentam esse não acesso. Entre elas, destacam-se as desigualdades étnico raciais, onde as indígenas, pretas e pardas são as que mais referem essa forma de não acesso a água. Esse mesmo padrão é observado quando observamos outras formas de não acesso a este direito básico, a exemplo do uso de poço ou nascente sem canalização”, diz trecho do documento.

Assista ao webinar de lançamento e saiba mais.