• iCS - Clima e Sociedade

Resultados do mini-curso Direito e Mudanças Climáticas

Atualizado: Mai 16

Curso online e gratuito sobre o tema organizado pelo iCS, LACLIMA e PUC-Rio termina no dia 30 de abril com mais de 450 inscrições e oito sessões de conteúdo


O mini-curso online gratuito “Direito e Mudanças Climáticas: Introdução e Atualidades”, coordenado por Caio Borges (iCS), Caroline Dihl Prolo (LACLIMA) e Danielle de Andrade Moreira (PUC-Rio) terminou no dia 30 de abril com mais de 450 inscritos. As sessões, que contaram com especialistas e convidados de diferentes instituições, abordaram assuntos diversos, como o regime internacional de clima da ONU e o Acordo de Paris, a Política Nacional de Mudanças do Clima e os desafios da agenda climática no Brasil, precificação de carbono, financiamento climática, litigância clima e direitos humanos e clima.


#DEPOIMENTO: Caroline Dihl Prolo, LACLIMA

“Desde o começo da LACLIMA, há 10 meses, queríamos montar um curso de capacitação de direito e clima, e agora que conseguimos colocar isso em prática posso dizer que foi exatamente do jeito que tínhamos imaginado: transdisciplinar na medida certa, com uma abordagem objetiva e compreendendo os principais temas de sinergia entre o direito e a mudança do clima. Mas não podíamos imaginar a enorme repercussão e o feedback tão positivo que o curso teve em tão pouco tempo. Chega a ser assustador perceber que existem tantos profissionais e estudantes neste país carentes de conhecimento organizado e qualificado de mudanças climáticas sob a lente jurídica. E querendo ainda mais conhecimento e engajamento! Recebemos muitos pedidos de novas adesões à LACLIMA e 200 novos seguidores nas redes sociais. É aí que percebemos que acertamos em cheio, LACLIMA e iCS, ao levar capacitação e mobilizar essa massa crítica potencial na comunidade jurídica e afins.”

Dos 160 alunos que forneceram feedback sobre o curso, 96,9% o avaliaram como MUITO BOM E EXCELENTE, e as aulas que receberam os maiores elogios foram: Políticas Públicas de Adaptação, Litigância Climática e Regime Internacional do Clima e Acordo de Paris. Entre os elogios, destacam-se o conteúdo abrangente e relevante, formato leve e objetivo, e boa didática e experiência profissional dos capacitadores. Já as sugestões para as próximas edições incluem dividir temas complexos em mais aulas, fórum de debate virtual, curso específico de litigância climática e maior diversidade de raça, origem e lideranças jovens e indígenas entre os palestrantes.

O que foi mais legal no curso?


"Os professores, e a forma clara e competente como expuseram o tema, fazendo-o algo próximo da realidade de todos"

Procurador


“A qualidade dos apresentadores foi o fato mais destacado. Mas também a organização do curso, com informações e lembretes por e-mail.”

Promotor/Procurador

“A didática utilizada pelos expositores, que tinham muito conhecimento e experiência nos temas abordados, com exemplos práticos e informações atualizadas.”

Advogada


O que pode melhorar na próxima?

“Seria interessante um espaço maior para perguntas e a possibilidade de interação com os demais participantes.”

Consultora/Outras Profissões


"O curso foi muito bom, talvez seria interessante aumentar os temas e palestrantes para poder aprofundar mais nos assuntos."

Promotor/Procurador

"Sinceramente eu não encontrei pontos expressivos de melhoria, seria bom ter acesso ao material da palestra previamente à aula."

Engenheiro


Sugestões para futuros cursos

“Eu sugiro abordar a atuação de grandes corporações/empresas nas mudanças climáticas.”

Consultor/Outras Profissões


"Poderia aprofundar o conteúdo das mudanças climáticas com especial destaque para a realidade da Amazônia, que é fundamental para a estabilidade climática brasileira, e os brasileiros não sabem disso."

Promotora/Procuradora

“1) Trazer lideranças da sociedade civil na área de mudanças climáticas (coletivos jovens, lideranças indígenas, Fridays for Future).

2) Ter um curso mais introdutório sobre direito climático. Acredito que muitas pessoas e de diferentes áreas de interessariam.”

Anônimo

#DEPOIMENTO: Caio Borges, iCS

“O curso foi inédito tanto na forma como no conteúdo. O formato virtual permitiu a participação de pessoas de todo o país, o que por si só é relevante em termos de democratização do acesso ao conhecimento e mesmo pela simbólica redução das emissões de carbono. As sessões foram conduzidas por profissionais de alto nível, com vasta experiência nas suas respectivas áreas. Ficou claro o enorme interesse dos profissionais do direito - e de outras áreas próximas - em melhor compreender os aspectos jurídicos das mudanças climáticas. O retorno dos participantes foi muito positivo e esperamos promover em parceria com instituições como LACLIMA e PUC-Rio mais projetos de capacitação, em áreas como litigância climática, um tema emergente que recebeu muito a atenção do público.”

iCS - Instituto Clima e Sociedade 2020 | Todos os direitos reservados