• iCS - Clima e Sociedade

Judaísmo, crise climática e meio ambiente

A inciativa Fé no Clima organizou um evento no Rio de Janeiro para apresentar o cenário do Brasil, os desafios das organizações e dos indivíduos na luta pela sustentabilidade, além do papel das comunidades religiosas de diferentes matrizes em torno do tema das mudanças climáticas. Veja!


Por Moema Salgado


No âmbito da iniciativa Fé no Clima, e como resultado de uma parceria entre a Associação Religiosa Israelita (ARI), o ISER e o Instituto Clima e Sociedade (iCS), o primeiro debate “Judaísmo e Meio Ambiente” foi realizado no dia 27 de maio de 2019 na sede da ARI, reunindo um público de mais de 50 pessoas.


Os palestrantes convidados - Ana Carolina Szklo (diretora de Desenvolvimento Institucional do Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável) e Ilan Cuperstein (diretor-adjunto para America Latina da C40 Cities Climate Leadership Group -, em diálogo com o Rabino Dario Bialer, trataram da necessidade de se repensar a relação da sociedade com o meio ambiente, em face da urgência das mudanças climáticas.


Ana Carolina apresentou o cenário do Brasil, seu papel na luta pela sustentabilidade e os desafios/responsabilidades de empresas e indivíduos em mudarem suas formas de produção e consumo. Ela abordou também o contexto global, a crescente mobilização dos adolescentes, por meio das greves climáticas iniciadas pela jovem Greta Thunberg (“Fridays for Future”) e destacou que “Na semana passada o jornal The Guardian assegurou que não irá mais tratar do tema como sendo uma mudança climática, mas sim uma crise climática”, o que dá ao assunto a gravidade e a urgência necessárias.


Por sua vez, Ilan apresentou estatísticas e resultados de pesquisas científicas que demonstram de onde vem a crise climática, como ela se acelera nas últimas décadas e quais as perspectivas para os próximos anos, em função das atitudes individuais e das políticas a serem implementadas ou não. Ilan alertou, em particular, que os efeitos das mudanças climáticas serão sentidos de forma mais dura pela população mais pobre, agravando o já dramático quadro de desigualdades sociais no mundo. No entanto, trouxe alguma esperança citando uma frase de Barack Obama “Somos a primeira geração a sentir os impactos da mudança do clima e a última a poder fazer algo contra isso”.


Comunicação/ISER

Conduzindo o tema para a leitura religiosa, o Rabino Dario mencionou uma oposição no texto do Gênesis sobre a relação entre o ser humano e o meio ambiente: “O texto do Gênesis traz dois paradigmas sobre o lugar do ser humano no planeta. Um modelo – do capítulo 1 - tem a ver como o homem e a mulher como reis, donos, como imagem e semelhança do divino e, neste sentido, tudo que existe nesse planeta é para usufruirmos, aproveitarmos e consumirmos. Já no capitulo 2 - mais orgânico e coerente - há um olhar distinto, o homem é criado em primeiro, então ele é aquele que está aqui para servir, para cuidar e para preservar.

Neste sentido entende-se que o ser humano é um fragmento da natureza, que somos parte dessa terra e que existe integração entre o ser humano e o meio ambiente”.


Quando o encontro foi aberto às perguntas, o público participou ativamente, provocando os debatedores e refletindo conjuntamente sobre a crise climática e sobre as possibilidades de ação e de mudanças da sociedade. Estas mudanças são muitas e profundas, vão desde os hábitos individuais de consumo, até o acompanhamento e pressão das esferas políticas, passando pela busca e difusão de informações qualificadas. Neste contexto, foi lembrado que o Fé no Clima é uma iniciativa que visa justamente difundir dados científicos e mobilizar comunidades religiosas de diferentes matrizes em torno do tema das mudanças climáticas.




Em homenagem à data 27 de maio, Dia da Mata Atlântica, o evento foi encerrado com um gesto simbólico de doação de mudas de plantas nativas ao público presente.


O vídeo estará no ar em no canal do ISER no Youtube.

iCS - Instituto Clima e Sociedade 2020 | Todos os direitos reservados

  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • LinkedIn ícone social