• iCS - Clima e Sociedade

Encontro de grantees do Portfólio de Energia

Em dezembro, representantes de 13 organizações grantees de Energia do iCS se encontraram por dois dias para refletir sobre o ano, planejar 2020 e definir estratégias de colaboração


Entre os dias 18 e 19 de dezembro, um total de 25 representantes de 13 organizações se reuniram no Arete – Centro de Estudos Helênicos, em São Paulo - para o encontro de grantees do portfólio de Energia do iCS, com facilitação de Luciana Martinelli e Kiki Mori. Os principais objetivos da reunião foram alinhar a estratégia de atuação do iCS e do portfólio e seus desdobramentos para a relação com os donatários e fomentar a colaboração entre as organizações a partir da identificação de possibilidades de cooperação.


A área de energia do iCS tem uma estratégia clara para o triênio 2019-2022, e basicamente trata-se de um trabalho de aumentar a representação do Brasil no debate global de energia, preenchendo lacunas e criando oportunidades de gerar recursos para o tema. No primeiro momento do encontro, a estratégia foi apresentar duas perguntas para o grupo: 1. Que fatores da conjuntura atual impactam a redução das emissões de carbono no setor de energia? E 2. Considerando a conjuntura atual, que oportunidades e desafios se apresentam para atuação das organizações aqui presentes? Entre os desafios eleitos estão internalização dos custos ambientais, como considerar os custos/benefícios reais das fontes, como enfrentar o lobby do gás e reforma do setor elétrico. Já entre as oportunidades destacam-se efetivar a eficiência energética como fonte, desenhar a matriz ideal para o Brasil e também a reforma do setor elétrico.

Durante o evento, houve a construção de uma matriz que relaciona a forma de atuação (modelo de missão) e expectativas de entregas (drivers) do Portfólio de Energia do iCS. Nesse momento, cada organização foi convidada a identificar e posicionar suas ações em curso, podendo identificar outras ações dentro do campo de energia que não estavam diretamente relacionadas a esses resultados. Também foram identificados quatro grandes temas de cooperação entre os participantes: Convergência de conhecimentos e ações (como estratégia conjunta para subsidiar congresso com informações e construção de biblioteca digital de conhecimento); Reforma do setor elétrico (democratização do processo decisório na expansão); Recursos Energéticos Distribuídos – RED (como suprimento energético às populações amazônicas com energias renováveis e revisão da resolução sobre geração distribuída com eficiência energética); e Antifósseis (realização de campanha antifósseis).


A avaliação geral sobre o encontro foi extremamente positiva.


Veja a lista de organizações participantes:

CBCS - Conselho Brasileiro de Construção Sustentável

CPI - Climate Policy Initiative

Escopo Energia

Greenpeace

ICV - Instituto Centro de Vida

IDEC - Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor

IEI - International Energy Initiative

IEL - Instituto Euvaldo Lodi

IEMA - Instituto Energia e Meio Ambiente

E+ - Insituto E+ Transição Energética

Instituto Escolhas

Instituto Preservar

ISA - Instituto Socioambiental

iCS - Instituto Clima e Sociedade 2020 | Todos os direitos reservados