SOBRE O iCS

DEPARTAMENTO PROGRAMÁTICO

fotos ics_15.2_15 cópia.png

Caio Borges

Coordenador do Portfólio de Direito e Clima

Caio é advogado graduado em direito pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), mestre em Direito e Desenvolvimento pela Escola de Direito de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV-SP) e doutor em Filosofia e Teoria Geral do Direito pela Universidade de São Paulo (USP). Foi coordenador dos programas de Empresas e Direitos Humanos e Desenvolvimento e Direitos Socioambientais da Conectas Direitos Humanos (2014-2019). Lecionou no Master em Gestão da Sustentabilidade e foi pesquisador do Centro de Direitos Humanos e Empresas na FGV-SP. Antes de ingressar no terceiro setor, atuou no setor financeiro privado. Possui 10 anos de experiência em finanças sustentáveis, empresas e direitos humanos e desenvolvimento internacional. É non-resident fellow do Center for BRICS Studies da Universidade de Fudan (China) e do Centro para Estudos sobre África, América Latina e Caribe da O.P. Jindal Global University (Índia). No iCS, coordena o Portfólio  de Direito e Clima, que tem por objetivo trabalhar junto ao sistema de justiça brasileiro para que atue de modo proativo e assertivo na implementação do Acordo de Paris. 

fotos ics_16.png

Cintya Feitosa

Colaboradora do Portfólio de Política Climática

Cintya é Mestra em Gestão, na linha de Sustentabilidade, pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV EAESP), com pesquisa sobre adaptação à mudança do clima (2019). É especialista em Relações Internacionais pela Universidade de Brasília (2013), e graduada em Comunicação Social, Jornalismo, pelo Centro Universitário IESB (2010). Atua em planejamento de ações de articulação e comunicação em mobilização política, pesquisa em sustentabilidade e causas socioambientais desde 2010. No iCS, é responsável por apoiar o engajamento de atores subnacionais e sociedade civil nos debates relacionados à agenda internacional de clima. Coordena a implementação da Plataforma Subnacional para o Clima e a articulação do Brazil Climate Action Hub, espaço da sociedade civil brasileira criado para a COP25, em Madri.

Deborah Cardoso

Colaboradora do Portfólio de Política Climática

Deborah é graduada em Comunicação Social, com habilitação em Relações Públicas pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) e mestra em Políticas Públicas, Estratégia e Desenvolvimento pelo Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Também possui pós-graduação em Marketing, pelo Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (Ibmec); e em Economia e Gestão da Sustentabilidade pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), além de formação no The Climate Reality Project. Em sua trajetória profissional, atuou principalmente no setor privado com comunicação e estratégia em empresas nacionais e multinacionais, passando por segmentos como indústria de bens de consumo, telecomunicações e seguros. Também vem dividindo suas experiências em atividades voluntárias de diferentes organizações da sociedade civil.  No iCS, atua no apoio de comunicação e engajamento da Plataforma Subnacional para o Clima.

fotos ics_20.png

Gabriel Lui

Coordenador do Portfólio de Uso da Terra

Gabriel é graduado em Gestão Ambiental pela ESALQ/USP, mestre e doutor em Ecologia Aplicada pela USP. Ocupou posições de direção na área de economia florestal, desenvolvimento rural sustentável e combate ao desmatamento no Ministério do Meio Ambiente e no Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade. Atuou no desenvolvimento e implementação de algumas das principais políticas relacionadas ao uso da terra do país, como o Novo Código Florestal, o Cadastro Ambiental Rural (CAR) e a NDC do Brasil. Atua como pesquisador associado do Center for the Analysis of Social-Ecological Landscapes (CASEL), Indiana University, EUA. Foi um dos autores do IPBES Global Assessment, lançado em 2019. No iCS, coordena o portfólio de Uso da Terra e Sistemas Alimentares, com o objetivo de promover ações e incentivos para o uso da terra mais sustentável, para a melhoria da gestão florestal e para a redução dos impactos ambientais da agricultura e da alimentação.

fotos ics_21.png

Gustavo Pinheiro

Coordenador do Portfólio de Economia de Baixo Carbono

Gustavo tem mais de 15 anos de experiência profissional – sendo 10 deles dedicados à temática de mudança do clima, meio ambiente e direitos humanos, em instituições da sociedade civil como o Instituto Socioambiental e The Nature Conservancy. Participou de diversos processos de elaboração de políticas públicas relacionadas às mudanças climáticas, como a elaboração da estratégia nacional de REDD+, a defesa do Código Florestal, análises dos compromissos brasileiros no âmbito do UNFCCC, entre outros. Ele reúne também experiência no setor privado, tendo atuado em consultoria empresarial e no setor financeiro, junto ao ABN-Amro Bank. Antes de se juntar ao iCS, Gustavo fundou, nos Estados Unidos, o fundo de investimento de impacto Bratus Natural Capital. Como coordenador do portfólio de Economia de Baixo Carbono, ele apoia o financiamento de projetos que contribuam para a aceleração da descarbonização da economia brasileira. Assim, ele atua ativamente na ampliação do universo de bons projetos e acelerar a transição para modelos de negócio de baixo carbono - através da incorporação de tecnologias, processos e princípios da bioeconomia, economia circular e regenerativa.

fotos ics_23.png

Kamyla Borges Cunha

Coordenadora da Iniciativa de Eficiência Energética

Kamyla é bacharel em direito pela Faculdade de Direito da USP, mestre e doutora em planejamento de sistemas energéticos pela Faculdade de Engenharia Mecânica da Unicamp, tendo como foco de pesquisa o papel do Brasil frente às negociações internacionais sobre a mudança global do clima. Trabalhou 12 anos no Instituto de Energia e Meio Ambiente (IEMA), coordenando o portfólio de energia elétrica. Também foi docente nos cursos de engenharia química e ciências ambientais na UNIFESP/Diadema. No iCS, ela atua na coordenação do Projeto Kigali, cujo foco é promover o aumento de eficiência energética com a transição de gases refrigerantes de menor GWP no setor de ar condicionado no Brasil.

Leonildes Nazar

Colaboradora do Projeto Iniciativa Amazônia Legal Urbana

Leonildes é cientista política e internacionalista. Maranhense, da ilha de São Luís, atua e aprende enquanto pesquisadora, militante e consultora junto a redes, grupos acadêmicos e organizações da sociedade civil. Dedica-se, especialmente, às agendas de mudanças climáticas, justiça socioambiental e direitos humanos; cooperação internacional; e atores e temas da política externa brasileira. Graduou-se em Relações Internacionais (UFRRJ, 2014) e fez mestrado em Ciência Política no Instituto de Estudos Sociais e Políticos da UERJ (IESP-UERJ), onde atualmente é doutoranda na área. Entre 2019 e 2020, foi pesquisadora visitante do Center for Latin American Studies da Universidade da Califórnia – Berkeley. É pesquisadora do Laboratório de Análise Política Mundial (Labmundo), do Observatório Interdisciplinar das Mudanças Climáticas e membra da Associação Brasileira de Pesquisadores Negros e Negras (ABPN). No iCS, organização onde trabalha desde 2016, coordena as atividades de doação, mobilização e diagnóstico de campo para a Iniciativa Amazônia Legal Urbana.

Maíra Fainguelernt

Colaboradora do Portfólio de Uso da Terra

Maíra é geógrafa e doutora em Ambiente e Sociedade pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Possui uma trajetória interdisciplinar e há mais de 10 anos vem aprofundando sua experiência na Amazônia brasileira com foco em licenciamento ambiental, áreas protegidas, populações ribeirinhas e impactos de grandes usinas hidrelétricas. Atualmente, é pesquisadora associada do projeto temático da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) intitulado “Depois das hidrelétricas: processos sociais e ambientais que ocorrem depois da construção de Belo Monte, Jirau e Santo Antônio na Amazônia brasileira”, editora associada da Revista Ambiente e Sociedade (ANPPAS), colaboradora do programa de extensão e Cultura da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Uni-Rio) e integrante da Rede Latino-Americana SARS-CoV2, Poder e Sociedade da Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (FLACSO). No iCS, coordena projetos na Amazônia Legal que integram o portfólio de Uso da Terra e Sistemas Alimentares com o objetivo de promover mais justiça social e ambiental entre povos indígenas e comunidades tradicionais e contribuir para a conservação da sociobiodiversidade na região.

fotos ics_27.png

Marcel Martin

Coordenador do Portfólio de Transporte

Marcel é graduado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo (USP) e mestre em Planejamento e Gestão de Território pela UFABC. Entre suas experiências profissionais, trabalhou com a coordenação de grandes projetos voltados para a área de planejamento urbano, transporte e mobilidade com equipes multidisciplinares. De 2009 a 2016, Marcel atuou como desenvolvimento de estudos de transporte - dentre eles, Planos Diretores e de Mobilidade. De 2016 a 2018, trabalhou no Instituto de Energia e Meio Ambiente (IEMA) com a gestão e coordenação técnica dos produtos previstos do programa de mobilidade urbana de baixo carbono. No iCS, ele coordena o portfólio de transportes, monitorando projetos relacionados à mobilidade urbana,  fomentando o conhecimento e o debate sobre a economia do transporte, além de explorar as interfaces entre qualidade do ar e saúde com as políticas e tecnologias de transporte.

fotos ics_28.png

Marina Marçal

Coordenadora

Marina é Feminista negra e advogada, doutoranda e mestra em Sociologia e Direito na linha de pesquisa de Conflitos Socioambientais, Rurais e Urbanos pela Universidade Federal Fluminense (UFF-RJ), onde se graduou. Também é mestra em Relações Étnico-Raciais pelo Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (CEFET-RJ). Foi citada em 2018 pelo The Intercept Brasil em uma lista de 138 especialistas negros. Tem experiência em pesquisas acadêmicas pela FAPERJ e FIOCRUZ (incluindo o Mapa de Conflitos de Injustiça Ambiental no Brasil), envolvendo povos indígenas, comunidades quilombolas, povos e comunidades tradicionais. Foi pesquisadora de extensão pelo Centro de Assistência Jurídica da Universidade Federal Fluminense na Amazônia com trabalhos de campo em Oriximiná, em parceria com a Defensoria Pública, o Tribunal de Justiça e o Ministério Público do Estado do Pará nos anos de 2012, 2017 e 2018. Além de atuar em escritórios de advocacia, foi analista de Política e Incidência na área de Setor Privado, Direitos Humanos e Desigualdades na Oxfam Brasil. No ICS, Marina trabalha pela implementação de estratégias de cumprimento das NDCS assumidas pelo Brasil no Acordo de Paris. 

Renata Albuquerque Ribeiro

Colaboradora de Relações Internacionais

Renata é Doutora e Mestre em Ciência Política pelo Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (IESP-UERJ). Possui Bacharelado em Ciências Sociais pela UFRJ. Foi pesquisadora visitante na University of South Africa (UNISA) e no Institute for Global Dialogue (IGD) em 2017, ambos na África do Sul, e Professora Substituta no Instituto de Relações Internacionais e Defesa da Universidade Federal do Rio de Janeiro (IRID-UFRJ). Pesquisadora no Laboratório de Análise Política Mundial (Labmundo) e na Diretoria de Estudos e Relações Econômicas e Políticas Internacionais do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (DINTE-IPEA). Tem experiência nas áreas de Política Internacional, Política Externa Brasileira, Política Africana, Energia, Mudança Climática, Cooperação Internacional para o Desenvolvimento e Cooperação Sul-Sul. No iCS, colabora diretamente com o portfólio de política climática e engajamento, e é responsável por acompanhar e analisar temas da política externa brasileira relacionados à agenda internacional do clima.

Ricardo Lima

Colaborador do Portfólio de Energia

Ricardo é físico pela Universidade de São Paulo. Iniciou na área energética participando da criação do Programa de Conservação de Energia para pequena e média empresa do SEBRA-SP. Coordenou a privatização das empresas energéticas do Estado de São Paulo pela Secretaria de Energia, que arrecadou um total de US$12,5 bilhões. Trabalhou na implantação do Mercado Atacadista de Energia Elétrica, foi Diretor Comercial da Enertrade Comercializadora de Energia (atual EDP Comercializadora), Vice-Presidente Comercial da AES Eletropaulo, Diretor Comercial da AES Tietê, Presidente do Conselho da ABRACEEL (Associação Brasileira das Comercializadoras de Energia), Presidente Executivo da ABRACE (Associação dos Grandes Consumidores Industriais de Energia) e Conselheiro na CCEE (Câmara de Comercialização de Energia Elétrica), entre outros. Atualmente é sócio-diretor da Tempo Presente Consultoria em Energia, Membro da Diretoria de Energia da Fiesp, Membro do IBGC (Instituto Brasileiro de Governança Corporativa) e conselheiro independente na SPIC Brasil. No iCS, colabora com o Portfólio de Energia.

fotos ics_35.png

Roberto Kishinami

Coordenador Sênior do Portfólio de Energia

Roberto é Bacharel e mestre em Física pela Universidade de São Paulo (USP), especializado em energia e mudança do clima, foi consultor de bancos, empresas de energia, governos, escritórios de advocacia e organizações da sociedade civil por quinze anos. Foi diretor do Greenpeace no Brasil de 1994 a 2001, parte do conselho internacional da ActionAid e do Instituto Democracia e Sustentabilidade. O seu portfolio no iCS é orientado à aceleração da transição energética brasileira, por políticas públicas que substituam fontes fósseis por renováveis promovendo desenvolvimento econômico e justiça socioambiental. Supervisiona a Iniciativa Eficiência Energética e a implantação do Instituto E+ Transição Energética.

iCS - Instituto Clima e Sociedade 2020 | Todos os direitos reservados